Canal de denúncias: o que é, por que e como usar na sua empresa

Código de Ética & Canal de Denuncias 10/09/2018
Canal de denúncias: o que é, por que e como usar na sua empresa

Canal de denúncias: o que é, por que e como usar na sua empresa

 

            Você gostaria de saber mais sobre o que é o canal de denúncias e por que você deveria usá-lo na sua empresa? Ele é um canal de comunicação, totalmente anônimo,  que ajuda você a identificar irregularidades nos processos internos da sua organização.

            Quer saber mais? Este artigo tem tudo o que você precisa saber sobre esse assunto. O que você verá é uma explicação completa sobre o que é, por que usar e como implantar essa ferramenta na sua organização. Leia mais! O

 

O que é canal de denúncias?

 

            O canal de denúncias é um conjunto de meios de comunicação que uma empresa utiliza  para poder receber relatos de situações suspeitas envolvendo seus processos internos. Alguns desses meios de contato são telefone, e-mail e link no site.

            Quanto aos tipos de denúncia, os canais visam coletar informações (totalmente de forma anónima) envolvendo os seguintes casos:

 

·         Desvios de conduta de colegas de trabalho, como furtos;

·         Assédios morais dentro da organização;

·         Fraudes nas relações com fornecedores e clientes;

·         Casos internos de discriminação e desrespeito profissional.

 

O que o canal de denúncias pode fazer pela sua empresa?

 

            O primeiro benefício que sua empresa terá, ao implantar um canal de denúncias, é a redução nas perdas financeiras. Afinal, você receberá relatos sobre desvios de orçamento e furtos de materiais. Dessa forma, poderá combater esse tipo de situação misteriosa, punindo os responsáveis, monitorando os departamentos afetados e evitando novos furtos.

            Outro benefício do canal de denúncias é que

Ele ajuda a sua empresa a construir uma forte reputação no mercado. Isso ocorre a partir do momento que você passa a receber relatos de situações suspeitas e decide investigá-las, agindo rapidamente e tomando as medidas necessárias. Naturalmente, fornecedores e clientes passam a ver sua empresa como uma organização séria, ética e confiável.

 

Como estruturar um canal de denúncias na sua empresa?

 

            Para estruturar um canal de denúncias efetivo, sua empresa deve seguir as seguintes etapas:

 

·         Definir um conjunto de meios de comunicação, como linha telefónica gratuita, e-mail, seção no site dedicada a esse serviço e canal direto dentro da organização;

·         Disponibilizar seu canal de denúncias para funcionários, clientes, fornecedores e sociedade. Isso significa o seguinte: investir em campanhas de divulgação e tornar o acesso público;

·         Organizar uma equipe altamente técnica para gerenciar o seu canal de denúncias e apurar as informações. Para isso, você deve recrutar profissionais de diferentes áreas, como jurídica, tecnológica e administrativa;

·         Estabelecer uma política de confidencialidade. Isto é: esclarecer e enfatizar que os denunciantes não precisam se identificar na hora de expor o relato.

 

Como gerenciar o seu canal de denúncias?

 

            depois de criar o seu canal de denúncias, será preciso saber como gerenciar o funcionamento dele. Por isso, separei 4 dicas que vão te orientar. Confira:

 

1. Apurar as informações

 

            O primeiro passo, na gestão do seu canal de denúncias, é apurar as informações recebidas. Isso significa: coletar provas e avaliar relatos, verificando se eles aconteceram. Para isso, deve-se buscar dados como: nome das pessoas envolvidas, tipo de circunstância, local e momento do ocorrido.

 

2. Providenciar medida justa

 

            Depois de identificar os responsáveis pelo desvio ou pelo furto, vem a etapa seguinte, que é tomar a medida necessária. Ou seja: levar essa situação a sério e encontrar um uma maneira justa de corrigi-la. Dependendo da gravidade, a medida pode ser uma advertência para que isso não se repita, uma demissão ou uma penalidade especial.

 

3. Preservar a identidade dos denunciantes

 

            Outra dica, na hora de gerenciar seu canal de denúncia, é preservar a identidade dos denunciantes. Isso significa duas coisas:

 

·         Não divulgar, publicamente, os dados pessoais e o nome de quem realizou a denúncia;

·         Permitir que o denunciante só se identifique, durante o contato com algum canal de comunicação, caso ele se sinta à vontade para se identificar.

 

4. Oferecer segurança em relação a possíveis retaliações

 

            Sua empresa também deve proteger o denunciante contra possíveis retaliações, para que ele não sinta medo de ficar prejudicado por conta do que disse. Para isso, basta manter os denunciantes em anonimato. Dessa forma, ninguém poderá realizar alguma ameaça.

 

Implemente um canal de denúncias efetivo

 

            Se você leu este artigo até aqui, certamente, entendeu como funciona o uso do canal de denúncias nas empresas. Afinal, o objetivo deste artigo foi explicar que ferramenta é essa e como implementá-la na sua organização.

            No entanto, você ficou interessado em aprender mais  sobre esse assunto? Deseja receber conteúdos envolvendo ética empresarial, compliance e auditoria interna? Se sim, então, se inscreva no blog! Assim, você recebe os novos artigos em primeira mão.

Assine nossa newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba conteúdos em seu email toda semana!