O que é compliance e como implantá-la na sua empresa

Compliance 10/09/2018
O que é compliance e como implantá-la na sua empresa

o que é compliance e como implantá-la na sua empresa

 

            Você quer saber o que é compliance? Quer entender o que a aplicação desse conceito pode fazer pela sua empresa? Primeiramente, saiba que a compliance é o primeiro passo a ser dado na hora de traçar um plano para  preservar a imagem da sua organização.

            Quer saber mais? Este artigo irá abordar esse assunto com mais profundidade. Basta continuar a sua leitura!

 

Mas afinal, o que é compliance?

 

            Compliance vem de comply, um termo inglês que significa cumprir, obedecer, satisfazer, está de acordo com algo. O conceito, portanto, envolve a obediência de regras.

            Já no ambiente organizacional, a compliance pode se referir a um cumprimento de um programa de integridade, que visa elaborar uma série de normas internas. E essas normas, basicamente, envolvem princípios éticos e regras de comportamento para a realização das atividades de cada setor.

            O compliance também ocorre quando uma empresa atua em conformidade com as leis fiscais relacionadas ao segmento que ela está inserida. Essas leis são exigências que órgãos públicos estabeleceram para aquele setor em específico. Nesse caso, a isso chamamos de gestão de compliance.

 

Como funciona a compliance na prática?

 

            Primeiro ela deve conhecer as atividades de uma empresa e definir as normas de conduta mais adequadas para cada processo. Um exemplo disso é avaliar a relação da empresa com seus fornecedores, visando definir regras de negociação comercial, como ética, transparência e honestidade.

            Depois de definir o manual de conduta, a compliance deverá monitorar se as normas estão sendo seguidas assim como foram estabelecidas. Por exemplo, no caso dos fornecedores, isso significa verificar se não estão havendo subornos, fraudes ou desvios de verba, durante o contato com esses parceiros.

 

Qual a importância da compliance para uma empresa?

 

            A primeira vantagem da compliance para a rotina de uma organização é a criação de um ambiente mais ético. Sabendo das normas, e o que o descumprimento delas podem causar, funcionários ficam mais propensos a trabalharem com mais respeito e honestidade.

            A outra vantagem é o resultado dessa realidade, que é a boa a reputação da empresa. Quando as normas de conduta são obedecidas, em todos os processos internos, a organização começa a construir uma imagem positiva no relacionamento com fornecedores, clientes e empregados. Dessa forma, ela evita ficar "manchada" no mundo dos negócios.

 

Como implantar a compliance na sua organização?

 

            Siga os passos abaixo:

 

Busque o apoio da alta administração

 

            Isso significa reunir-se com os gestores para explicar o que é compliance e por que a empresa precisa implantá-la. Essa fase é muito importante para que você consiga obter recursos e todo suporte necessário.

 

Monte uma equipe qualificada

 

            Isso significa  capacitar funcionários (ou contratar profissionais) que vão se dedicar ao desenvolvimento e controle de políticas internas.

 

Conheça os processos internos da empresa

 

            Essa etapa envolve investigar a rotina de cada departamento da sua empresa, verificando se costumam ocorrer situações comprometedoras para a imagem do negócio.

 

Aplique os passos do que é compliance na prática

 

            Isso foi dito no segundo tópico deste artigo. Ou seja: estabelecer as normas éticas mais adequadas para cada atividade operacional, além de acompanhar o cumprimento de cada uma.

 

Implante um canal de denúncias

 

            Isso significa disponibilizar meios de contato (como links no site, linha telefônica e e-mail) para que fornecedores, funcionários e clientes possam relatar, de forma anónima, algum tipo de situação suspeita. Essa ferramenta ajudará a observar o cumprimento das normas dentro da empresa.

 

Invista em compliance!

 

            O último passo, depois de implantar essa nova política, é comunicar aos parceiros da sua empresa sobre essa novidade. Isso envolve, sobretudo, explicar o que é compliance, divulgar as normas de conduta e apresentar os canais para os registos de fraude.

            Agora eu quero saber uma coisa de você: este artigo ficou claro para você? Escreva a sua pergunta nos comentários!

Assine nossa newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba conteúdos em seu email toda semana!